10 milhões de pessoas buscam informação sobre seguros na internet, diz pesquisa

Levantamento do Google apresentado na primeira reunião do Comitê de Insurtechs da camara-e.net mostra ainda que 31% das buscam foram feitas por dispositivos móveis.

No primeiro trimestre de 2017, foram registradas na internet 12 milhões de buscas sobre seguros ao mês. Dessas, 10 milhões foram sobre seguro saúde e 2 milhões, sobre as empresas seguradoras. Esses dados foram apresentados pelo Google na primeira reunião do Comitê de Insurtechs da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net), na semana passada. “Mais do que revelar um crescimento de 11% no segmento, esses números nos mostram que há uma oportunidade nesse mercado que não pode ser ignorada”, diz Gustavo Zobaran, coordenador do comitê.

Segundo ele, para atingir esses 10 milhões de pessoas, as seguradoras terão que se reinventar, oferecendo produtos cada vez mais personalizados, com uma experiência diferenciada e com preços ajustados de acordo com cada perfil, entregando ao consumidor exatamente o que ele precisa, no momento em que ele necessita.

O levantamento do Google revelou ainda que 31% dessas buscas foram realizadas a partir de dispositivos móveis, contra 48% de telecom, 57% de automóveis e 42% de viagem. Isso mostra a predisposição do brasileiro às inovações tecnológicas. “As empresas devem olhar para esses números e identificar o potencial de crescimento do setor dentro do seu segmento”, afirma Zobaran. “E aquelas que oferecerem a facilidade de contratação de um seguro a partir de um celular ou um tablet ou que investirem em tecnologia levam vantagem”.

Nas buscas feitas por meio de dispositivos móveis, as categorias de seguro mais procuradas são Celular (45%), Aluguel/Fiança (44%), Vida e Acidentes Pessoais (43%), Auto (42%) e Residencial (39%).

O Comitê de Insurtechs da camara-e.net foi criado para acompanhar a tendência mundial de transformação dos serviços seguradores com o uso da tecnologia.

 

Revista Seguro Total