Seguro para automóveis: o que você deve saber antes de contratar

seguro para automóveis

Por mais que você seja cuidadoso no volante, todos estão sujeitos a acidentes no trânsito. E é exatamente por esse motivo que o seguro para automóveis é tão importante para os motoristas. Dependendo das coberturas, ele garante auxílio, reembolso dos gastos e indenização para os envolvidos.

Para os profissionais que viajam de carro com recorrência, ter um seguro é ainda mais necessário. Confira quais fatores influenciam no valor final do seguro!

Coberturas

Há várias opções de coberturas – básicas e adicionais – que podem ser incluídas no seguro para automóveis. A escolha é feita pelo segurado, que deve pensar em seus hábitos, locais que frequenta e principais necessidades.

As coberturas básicas são de colisão, incêndio, roubos e furtos, danos a terceiros e danos corporais aos passageiros. Já as opcionais incluem carro reserva, proteção aos vidros, Carta Verde, entre outras.

Franquia de seguro

A franquia de seguro é um valor estipulado na hora do contrato. Esse valor deverá ser pago pelo segurado para consertar os possíveis danos causados no veículo. O valor que será pago de franquia depende de muitos aspectos, como condições do veículo e do perfil do segurado.

Prêmio do seguro

O prêmio é o valor que será pago pelo cliente por um pacote de seguro contratado. Quando o seguro de automóveis é contratado a empresa se responsabiliza pelas despesas nas situações adversas incluídas nas coberturas contratadas.

Perfil do segurado

Na hora de fazer um seguro para automóveis são consideradas várias informações pessoais do proprietário do veículo. Dados como idade, estado civil, se possui filhos que tenham CNH, ruas que frequenta e em qual período do dia mais utiliza o carro vão influenciar no valor final a ser pago.

Perda total

É considerado perda total os casos de acidentes em que o valor para recuperar o carro ultrapasse os 75% do automóvel. Quando o segurado é vítima do acidente e o seu carro tem perda total, a seguradora se encarrega de arcar com custos previstos no contrato. No entanto, se o segurado for responsável pela perda total de outro veículo, a seguradora só irá se responsabilizar dependendo das coberturas escolhidas.

Causas naturais

Problemas com o veículo causados por enchentes, tempestades, quedas de árvores ou chuva de granizo já estão inclusos na cobertura básica. Porém, a seguradora pode recusar o pagamento da indenização em casos de riscos desnecessários, como, por exemplo, trafegar em lugares alagados propositalmente.

Faça uma cotação de seguro para automóveis na Assegurou clicando aqui.